PANDEMIA ATRAPALHA VACINAÇÃO EM BEBÊS

A pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) levou vários países a interromperem campanhas de vacinação, colocando em risco a saúde de 80 milhões de bebês com menos de 1 ano de vida. O alerta foi feito recentemente pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Dos 129 países onde há dados sobre o tema, 68 reportaram interferências moderadas ou severas no cronograma tradicional. O abalo por causa da Covid-19 ocorre em uma escala sem precedentes desde a expansão de programas nacionais de imunização, ocorrida nos anos 1970.

“Essas interrupções ameaçam décadas de progresso na prevenção de doenças como o sarampo”, destacou Tedros Ghebreyesus, diretor geral da OMS, em comunicado à imprensa. Para ter ideia, 27 países reportaram a suspensão das doses contra o sarampo. Outra situação que chama a atenção é a poliomielite, já que 38 países interromperam a campanha contra ela.

Há mais vacinas com as quais os especialistas estão preocupados, em especial as de rubéola, cólera, meningite, tétano e febre amarela.

Cuidar de quem se ama, #IssoéCACSS