Você sabe quais são os principais equipamentos usados no tratamento da Covid-19?

Os casos moderados ou graves de Covid-19 podem exigir equipamentos que forneça oxigênio ao corpo humano e de alguma forma. Depois que o comediante Paulo Gustavo, começou a se tratar com a ECMO (Oxigenação por membrana extracorpórea) o aparelho ganhou posição de destaque, mas a verdade é que existem outros aparelhos que podem beneficiar os pacientes.

“Quando os pulmões estão amplamente comprometidos, precisaremos até de equipamentos diferentes, que irão fornecer gradativamente maiores concentrações de oxigênio”, relata o médico intensivista Domingo Vicente Rodriguez López.

Veja a seguir alguns equipamentos utilizados no tratamento de infecções por coronavírus e como eles atuam.

Cateter Nasal

Esta é a primeira escolha para quem chega ao hospital com falta de ar leve ou moderada. Consiste em um pequeno tudo conectado a um cilindro de oxigênio. Esse pequeno tudo tem duas aberturas que se encaixam nas narinas das pessoas.

Máscaras Faciais

Aqui, os pulmões seguem trabalhando para inspirar. No entanto, uma máscara parecida com aqueles inaladores domésticos aumenta o fluxo de oxigênio. Eles são uma opção quando os cateteres nasais não estão funcionando.

Ventilação não Invasiva

Aqui começamos a falar sobre respiradores mecânicos. Esses dispositivos geram uma pressão para empurrar o oxigênio do cilindro para os pulmões. No entanto, na ventilação não invasiva, os médicos não realizam a chamada intubação.

Oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO)

Se a intubação for ineficaz, um método alternativo disponível em alguns hospitais brasileiros é a Oxigenação por meio de Membranas Extracorpóreas. Um indivíduo é conectado a uma máquina por meio de dois tubos. O profissional da saúde entra com uma agulha pela virilha e retira o sangue sem oxigênio do corpo. Em seguida, o líquido passa pela bomba, que é o que chamamos de membrana extracorpórea, onde ocorre a troca gasosa. Ele remove o CO2 e injeta o O2.

Apesar da alta eficiência, o acesso ainda é restrito. Além de ser utilizada basicamente em redes privadas e alguns Hospitais Universitários, a tecnologia também requer uma equipe multidisciplinar e dedicada.

Te informar, #IssoéCACSS