Infecção urinária? Aqui não!

Se você nunca teve, provavelmente conhece alguém que já passou por isso: vontade constante de fazer xixi, dor ao ir ao banheiro e dificuldade para urinar, com apenas algumas gotinhas saindo de cada vez. As infecções do trato urinário são um problema extremamente comum, que pode afetar mulheres e homens, bebês e idosos, sem hora para ocorrer. São tão frequentes porque, em sua origem, costumam estar bactérias que já existem no nosso corpo: até 80% dos casos estão relacionados à Escherichia coli, que vive no intestino. A boa notícia: a ciência vem consolidando estratégias eficientes para prevenir e tratar o tormento, que, se não for cuidado direito, traz graves consequências.

Check-list da prevenção

Alguns hábitos são capazes de ajudar a evitar o problema ou seu retorno:

- Higiene: Mulheres devem se cuidar diariamente e evitar o uso de duchas íntimas. Sabonetes antibacterianos ou com perfume podem alterar a microbiota vaginal.

- Hidratação: Beber água ao longo do dia garante o bom funcionamento do trato urinário. A urina fica menos concentrada, tem menos depósito de substâncias e dá menos guarida a micróbios.

- Sexo: A camisinha espanta infecções que podem aprontar pelo sistema urinário. Ainda que careça de provas, a ideia de fazer xixi após o sexo ajudaria na limpeza do canal feminino.

- Alimentação: A regra de ouro é a dieta equilibrada: priorize frutas, verduras, legumes, grãos integrais e carnes magras, que entregam nutrientes caros à nossa imunidade.

- Transpiração: Calcinhas de algodão, com maior circulação de ar, abafam menos a região e podem evitar o surgimento não somente de infecções urinárias mas também de irritações na vagina.

Cuidar de você, #IssoéCACSS