Conheça o manual de exercícios físicos voltado aos brasileiros

Ministério da Saúde lança pela primeira vez um guia com recomendações específicas para combater sedentarismo em crianças, adolescentes, adultos e idosos

O Ministério da Saúde lançou recentemente as primeiras diretrizes sobre exercícios físicos. O Guia de Atividade Física para a População Brasileira foi elaborado pela Universidade Federal de Pelotas com a ajuda de um comitê científico de mais de 70 pesquisadores.

Não é novidade para ninguém que manter-se ativo é um pilar fundamental da saúde. Entretanto, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde de 2019, 40,3% dos adultos brasileiros são classificados como “insuficientemente ativos”.

A piora da saúde é a principal consequência de ficar muito tempo parado. “O comportamento sedentário está associado a distúrbios metabólicos, aumentando a chance de doenças cardiovasculares, diabetes, e até de mortalidade por múltiplas causas”, explica o educador físico Bruno Gualano.

Um dos pontos interessantes do manual é sua proposta de responder às principais dúvidas (quais atividades praticar e por quanto tempo) em linguagem simples e objetiva.

Outro destaque é a adequação do conteúdo para a realidade nacional e respostas mais pragmáticas.

Além disso, o Guia tem um capítulo inteiramente dedicado à educação física escolar: “Recomendamos três aulas obrigatórias por semana para ensino fundamental e médio de todo o Brasil. Hoje as escolas oferecem menos que isso, mas esperamos que o cenário mude devido a um documento chancelado pelo Ministério da Saúde, em nome da saúde e qualidade de vida dos escolares.

A publicação é dividida em 8 capítulos didáticos, primeiro explicando o que é atividade física e suas diversas variações, e depois elencando as orientações para grupos específicos. Abaixo listamos algumas delas.

Crianças e jovens de 6 a 17 anos:

Duração: 60 minutos ou mais por dia.

Tipo de atividade: modalidades mais intensas, que fazem a respiração e os batimentos do coração aumentarem.

Gestantes e mulheres no pós-parto:

Duração: pelo menos 150 minutos de atividade física moderada.

Tipo de atividade: durante e após a gestação, o fortalecimento do assoalho pélvico.