Amoxicilina: o que é, para que serve e quais os efeitos colaterais?

Utilizado contra várias infecções, esse antibiótico demanda cuidados devido ao risco de interações medicamentosas e resistência bacteriana.

A amoxicilina - comumente conhecida como “Amoxilina” - é um antibiótico usado para tratar várias infecções bacterianas, como pneumonia, amigdalite e problemas urogenitais, como infecção urinária. “De um modo geral, atua rapidamente como bactericida, inibindo a síntese da parede celular microrganismos. Portanto, pode causar alterações incompatíveis como a sobrevivência das bactérias”, afirma a farmacêutica Raissa Carolina Cândido, pesquisadora mineira do Centro de Pesquisas de Medicamentos da Universidade Federal de Minas Gerais (Cemed/UFMG). A amoxicilina só é vendida com receitas médicas especiais, que ficam na farmácia. Esta é uma medida implementada para proibir abusos.

Quanto tempo dura o tratamento?

A duração do uso varia dependendo da infecção e da dose em questão. No entanto, em geral, o tratamento dura de 7 a 14 dias.

“A melhora dos sintomas costuma ser observada nos primeiros dias, mas o tratamento deve ser feito até o fim”, sugere Raissa.

Quais são os formulários administrativos?

A amoxicilina está disponível em cápsulas e suspensão oral (um xarope). A escolha de uma dessas opções depende da infecção, da situação clínica do paciente e da conveniência. “Por exemplo, crianças e pacientes com disfagia se beneficiam de suspensões orais”, exemplificou a farmacêutica Raissa.

Crianças, gestantes e idosos podem usá-lo?

Este é um remédio seguro para crianças e idosos, só é preciso ajustar a dosagem. Para mulheres grávidas e lactantes, a ingestão deve ser avaliada para cada paciente e apenas indicada quando o benefício potencial justificar o possível risco associado.

Possíveis efeitos colaterais

“Os eventos adversos mais comuns são diarreia, náusea e eritema na pele. No entanto, vômitos, urticária, coceira, etc. Também podem ocorrer”, listaram os pesquisadores. O que acontece se você tiver uma overdose? A overdose de amoxicilina pode causar problemas gastrointestinais, como náuseas, diarreia e vômitos.

Quais são os cuidados para tomar amoxicilina

Um dos maiores perigos é consumir sem orientação médica. “O uso desnecessário ou inapropriado coloca os pacientes em maior risco de eventos adversos e piora as infecções. Isso sem falar que leva ao surgimento de bactérias cada vez mais resistentes à ação dos antibacterianos”, alertou Raissa. Portanto, só pode ser utilizado mediante prescrição de um especialista. Além disso, certifique-se de informar o seu profissional de saúde sobre todos os medicamentos que você toma para avaliar as possíveis interações.