Câncer de intestino como evitar através de mudanças de hábitos

Você sabia que, a cada hora, cinco brasileiros são diagnosticados com câncer do intestino grosso e duas pessoas morrem em decorrência da doença? Esse tipo de tumor é o segundo mais comum em nosso país e o terceiro em números de óbitos. Mas isso pode ser prevenido.

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a doença e suas formas preventivas, é realizado em todo o mundo o março azul. E no Brasil, dedicamos o dia 27 de março ao Dia Nacional de Combate ao Câncer de Intestino

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), até esse ano de 2021 serão 41.010 novos casos desse tipo de tumor. De acordo com os últimos registros divulgados pelo Inca, houve 19.603 mortes em 2018.

Diagnóstico Precoce

O diagnóstico precoce é crucial no câncer do intestino grosso (também chamado de câncer colorretal). Se puder ser detectado o mais precocemente possível, além de representar um tumor totalmente curável, na maioria das vezes é um tumor maligno evitável.

Os exames de sangue oculto nas fezes são mais baratos e podem ser usados pela população em geral, sendo também uma ferramenta de diagnóstico. Ele pode detectar a presença de sangue nas fezes que é invisível a olho nu. Se for esse o caso, a colonoscopia é recomendada para descartar ou provar a presença de lesões precursoras ou câncer inicial.

Em virtude dos fatos mencionados acima, trouxe 4 dicas de mudanças de hábitos que pode ajudar na prevenção do câncer colorretal:

1. Ter uma dieta que inclui mais vegetais, legumes, frutas e grãos integrais.

2. Fazer atividade física.

3. Comer menos carne vermelha e carnes processadas (como cachorro-quente e linguiça).

4. Evitar o consumo excessivo de álcool.

Te informar, #IssoéCACSS