Afinal de contas, dieta detox funciona?

Após as festas de fim de ano e o período de férias, as chamadas dietas detox costumam entrar em cena, prometendo limpar o organismo, eliminar os excessos previamente ingeridos e até ajudar a perder peso. Mas será que isso procede? Essa é uma questão que, a cada verão, as pessoas colocam para a equipe do Nutritotal.

De fato, alguns nutrientes podem participar desse processo, mas, antes de tudo, precisamos entender que a detoxificação (ou limpeza) do corpo é algo natural e fisiológico. Ou seja, o próprio organismo se encarrega dela e isso acontece a todo momento.

Muito atraentes, essas dietas costumam ser intervenções de curto prazo e geram a expectativa de purgar o corpo e auxiliar na perda de peso. Mas atenção!

Quando ultrapassam os limites plausíveis da ciência e do bom senso, essas dietas podem ser até prejudiciais à saúde. Dependendo da intensidade, geram um baita estresse para o corpo. A perda de peso resultante da restrição calórica por detox aumenta os níveis dos hormônios do estresse em mulheres, favorecendo o rápido reganho de peso, como demonstram pesquisas.

Podemos concluir, então, que, para um efetivo processo de desintoxicação, não precisamos nos ater a uma dieta específica, mas, sim, a um estilo de vida saudável, que inclua regularmente o consumo desses alimentos. Não há uma dieta de curta duração que limpe o organismo de vez.

Os processos fisiológicos de detoxificação se beneficiam de um conjunto de práticas saudáveis, como ingestão adequada de líquidos, alimentação balanceada, prática de atividade física, sono de qualidade e controle do estresse.

Te informar, #IssoéCACSS